Conheça nossos produtores

Nossa curiosidade e nosso amor pela boa comida nos leva a descobrir sempre novos sabores. Nessa busca, valorizamos o contato humano e os saberes de cada produtor que, para nós, são elementos indissociáveis da qualidade dos ingredientes e produtos que oferecemos.

Além do sabor, consideramos sempre o valor simbólico e o caráter regional de cada insumo e, principalmente, a cadeia produtiva por trás de tudo o que usamos como ferramenta de criação. O ciclo de uma economia mais justa e sustentável deve começar na mão de quem produz.

Fazenda Atalaia

A Fazenda Atalaia fica em Amparo - SP, e tem mais de 140 anos de história. A produção de queijos começou sem grandes pretensões há mais de 20 anos e, hoje, é a principal atividade da fazenda tocada pelo casal de mestres-queijeiros Rosana e Paulo Rezende. O queijo Tulha foi premiado com medalha de ouro no World Cheese Awards em 2016.

Dariquim

O Dariquim é o mercadinho da Serra da Canastra que faz a ponte entre produtores artesanais da região com outras localidades, valorizando o trabalho de famílias produtoras e a importância simbólica, cultural e econômica dos queijos da Canastra. É através do Dariquim que alguns dos queijos da Canastra chegam na Queijaria do Marché.

Capril de Ville

O segredo da Capril de Ville está no cuidado com o rebanho. As cabras criadas na serra de Teresópolis recebem água pura, boa alimentação e tratamento fitoterápico, o que reflete diretamente no resultado e qualidade dos queijos.

La Bufalina

Produção de queijos com leite de búfala em Guaratinguetá, São Paulo. A La bufalina é uma empresa familiar de imigrantes italianos que produz queijos sob os mesmos padrões de qualidade das legítimas muçarelas feitas na Itália.

Tocaya

Torrefação de cafés especiais da Mantiqueira de Minas, que além de cuidar com esmero dos perfis de torra, acompanha e capacita os produtores de café da região. Os cafés são torrados em pequenos lotes, sempre fresquíssimos.

Chá Azul

No sitio da família em Rio Bonito, Dafne Velazco cultiva a Clitoria Ternatea, ou cunhã, a flor azul que colore os blends criados com ervas cultivadas lá mesmo, livres de agrotóxicos e aditivos químicos.

Duju

A Duju produz geleias de pimenta artesanais com produtos naturais. A produção acontece no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro e combina a ardência da pimenta com a doçura característica de uma geleia. No Marchezinho, ela acompanha o clássico Dadinho de Tapioca.

Armazém Sustenável

O Armazém Sustentável mistura a referência das antigas vendas com o propósito de produzir através de práticas mais sustentáveis, numa fábrica que tem como vista e quintal a Mata Atlântica. O terreno onde fica a produção tem clima e ambiente que favorecem o cultivo do que depois é transformado em geleias, conservas e molhos.

Olibi

Os azeites e azeitonas Olibi fazem parte de uma iniciativa de preservação animal e reflorestamento da Mata Atlântica, em Aiuruoca - MG. Além do projeto de sustentabilidade a Olibi é pioneira na produção de azeitonas no Brasil, com colheita e seleção feitas manualmente, o que garante azeites frescos e aromáticos.

Good Karma

A produção das granolas Good Karma é feita no Rio de Janeiro priorizando ingredientes orgânicos e de produtores familiares, tudo em pequena escala. O resultado é um produto saudável e livre das substâncias que fazem parte da maioria dos alimentos encontrados nas prateleiras dos supermercados.

Mate & Tal

A erva mate do Mate e Tal é cultivada em Chopinzinho - PR. A produção e a propriedade são familiares, com a preocupação de se ter uma erva livre de agrotóxicos, plantada de maneira sustentável e que respeita o meio ambiente.

Floê

A Floê produz cremes, manteigas e tahines no Rio de Janeiro, mas tudo começou na Bahia, em uma fazenda produtora de cacau. Depois de um tempo morando lá e aprendendo o trabalho de tranformação do cacau e algumas oleaginosas, o casal Felipe e Laura cria hoje, em Lumiar, os produtos da Floê.

MBee

A MBee se dedica ao trabalho de apicultura na Serra da Bocaina. A ideia do mel de terroir vem da influência do ambiente local e da diversidade dos biomas que interferem na atividade das abelhas, o que proporciona a produção de diferentes tipos de meles. Todo o esforço é pelo reconhecimento do mel enquanto alimento rico em sabor, possibilidades de preparo e da representatividade como produto que faz parte de um equilíbrio sustentável.

Fazendinha José de Carvalho

Produção familiar e agroecológa de palmito pupunha em Magé, no Rio de Janeiro. O cultivo é feito com adubação por compostagem e sem uso de agrotóxicos, com distribuição do palmito in natura, na direção contrária das conservas comuns que levam grandes quantidades de sódio.

K. Probióticos

A produção começou em 2014, e foi conquistando adeptos nas Feiras da Junta Local. O kombuchá K. é fermentado e gaseificado naturalmente, uma alternativa refrescante e saudável num mundo de refrigerantes e bebidas industrializadas.

Luiz Porto

A Luiz Porto produz vinhos finos no sul de Minas Gerais. A vinícola inova na técnica de cultivo que usa o método de poda invertida, aproveitando o clima de inverno das montanhas pra colher as melhores uvas para a produção dos vinhos.

Tiiv

A vodka Tiiv é a primeira vodka orgânica do Brasil. Produzida em Taquaritinga, interior de São Paulo, através de práticas de respeito ao solo e ao meio ambiente, a bebida multidestilada leva apenas dois únicos ingredientes, álcool neutro da cana-de-açúcar orgânica e água da nascente do Sítio Santa Emília. O resultado é uma vodka suave e aveludada no paladar.

Uma Doce Revolução

Micro chocolateira em Santo Antônio do Pinhal, na Serra da Mantiqueira, que produz chocolates através do conceito de “bean to bar”, acompanhando o processo de produção do cacau até a sua transformação em barra. Tudo é feito à mão, com cacau agroflorestal vindo do sul da Bahia, reforçando a importância ancestral do território e fazendo um convite para uma experiência sensorial através de chocolates sem conservantes e açúcares refinados.

Cevaderia

As cervejas da Cevaderia são o resultado do trabalho de 4 amigos com ofícios ligados à área da ciência. É esse interesse acadêmico que se encontra com o fazer artístico em forma de cerveja, simbolizado pelo próprio laboratório de produção localizado na antiga Fábrica da Bhering, na Zona Portuária carioca, e que faz parte do circuito de arte da cidade.

Família Hattori

Negócio familiar de imigrantes japoneses que chegaram ao Brasil em 1955. O trabalho com produtos naturais vem da consciência de comunhão com a terra, da preservação do ambiente, e da proximidade entre quem produz e quem consome.

Pirineus

A Pirineus faz embutidos artesanais e tem mais de 50 anos de história que se misturam com a trajetória de uma família de imigrantes espanhóis no Brasil. A produção acontece em São Paulo e preserva até hoje um cuidado artesanal, como pede a tradição familiar. O segredo de um sabor único e especial está na escolha por cortes nobres de carne, acompanhamento minucioso da produção e pelo tempero que a família trouxe da sua terra natal.

Pilotto

Juan Pilotto é cozinheiro autônomo, participante do movimento da gastronomia social e se dedica ao trabalho com peixes e outros insumos da mar vindos da pesca artesanal. Amigo e parceiro ativo do Marchezinho defende com sua atividade iniciativas a preservação do meio ambiente e a manutenção de culturas tradicionais.

Purifica

A Purifica nasceu em 2015, no Rio de Janeiro, e produz leites vegetais com apenas dois ingredientes, sem açúcares e conservantes, zero glúten e lactose. Os fundadores Paloma e Rafael acreditam que uma alimentação sustentável é o caminho para um sistema alimentar saudável para o mundo e que, através de um empreendedorismo ético, podem contribuir para valoriza o que a natureza nos oferece.

Pé do Morro

A Pé do Morro é um projeto de produção queijeira que une a importância do trabalho do mestre-queijeiro com as particularidades do ambiente da Serra do Japi no resultado de cada queijo. A produção é feita através de técnicas aprendidas com produtores de grandes queijarias internacionais e brasileiras, criando receitas únicas, com identidade e singularidade de sabores.

Serra das Antas

A Serra das Antas percorre um caminho de quase 40 anos de história. A produção começou pequena, com apenas 7 cabras e distribuição apenas nos arredores da própria fazenda em Cabreúva - MG. Conforme a produtividade do rebanho aumentou, as técnicas foram sendo aprimoradas e a queijaria cresceu, mantendo-se até hoje como um negócio familiar.

Fazenda Genève

A Fazenda Genève produz queijos de leite de cabra em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Feitas artesanalmente e reproduzindo os queijos tradicionais franceses, as receitas levam a cobertura de um mofo branco responsável pelo sabor, textura e aroma.

Ferdinander

Micro cervejaria em Miguel Pereira comandada de perto pelo sócio fundador Carlos Witte, atento a cada etapa da produção das deliciosas cervejas artesanais Ferdinander. Os objetivos da marca são aliar qualidade, frescor e simplicidade na criação de cervejas acessíveis, simples de entender e de apreciar.

Fuzz Cafés Especiais

A Fuzz é uma torrefação de cafés especiais comandada por Pedro e João Foster depois de alguns anos se aventurando nesse universo de aromas e sabores. Os grãos vêm de Minas, Espírito Santo e do Rio, e são torrados prezando pela experiência harmoniosa de um bom café.

Chá Dao

Projeto da designer Martha Pedalino que começou na feiras da Junta Local, depois de uma viagem pra Ásia em 2015. A Chá Dao produz infusões e cosméticos naturais através da reconexão com a terra e do conhecimento e contato com o que a natureza proporciona.

Manioca

A Manioca nasceu de um restaurante de comidas típicas paraenses aberto nos anos 70, em Belém - PA. A demanda crescente dos clientes por produtos paraenses fora do estado fez com que a Manioca fosse criada com a missão de levar os sabores naturais da Amazônia para outros lugares junto com o desenvolvimento e a proteção da floresta.

In Villa

As conservas In Villa são feitas no Sul de Minas Gerais, em Santo Antônio do Amparo. A produção é livre de agrotóxicos e aditivos químicos, e é pautada pela troca e remuneração justa dos produtores da agricultura familiar. Apesar de simples, as conservas guardam complexidade e sofisticação no sabor.

Botânica

Inspirada pela natureza, a Tônica Botânica nasceu em 2018 e é a primeira água tônica brasileira artesanal e totalmente natural. Os ingredientes principais são apenas três: água gaseificada, açúcar e o Quinino do Congo, em três sabores sabores que vão desde combinações clássicas até as mais ousadas.

Maravilhas Sāo José

Produzido no Rio de Janeiro pela Alice Lutz, o gersal da Maravilhas São José é uma alternativa mais saudável e consciente ao consumo excessivo de sal. Feitos na panela de ferro fundido, os gersais misturam uma variedade de outras sementes, temperos e ingredientes que agregam, além de benefícios e nutrientes, sabor e textura para vários pratos e preparos.

Terra Verde

No coração da bacia hidrográfica de Macaé, em uma área de proteção ambiental, o produtor Daniel Villa Verde trabalha com apicultores locais e coleta um mel puro, sem uso de pesticidas, antibióticos ou alimentação artificial. O resultado é uma produção em menor escala de meis de floradas silvestres, que respeita o ritmo das abelhas e da natureza. O mel da Terra Verde não é aquecido em altas temperaturas, o que mantém todas as suas qualidades nutricionais.

Cimsal

A Cimsal produz flor de sal totalmente natural e artesanal em Mossoró, no Rio Grande do Norte. O ambiente local, com forte presença do sal e baixa umidade, é o que permite a precipitação da flor, coletada manualmente em períodos específicos do ano.

Xavante

A Xavante mantém viva, com a carne na lata, a prática muito antiga de conservação natural de alimentos. O processo consiste em conservar a carne suína, depois de cozida e frita, na própria gordura, o que realça o sabor e sua maciez.

Kiro

O Kiro é o primeiro switchel produzido no Brasil. Feito com apenas 4 ingredientes, o mel e o gengibre vêm de cooperativas de pequeneos produtores, priorizando a remuneração justa e a valorização da agricultura familiar.

Guatambu

A vinícola Guatambu produz vinhos no Pampa Gaúcho, no Rio Grande do Sul. O trabalho de vitivinicultura compreende desde o estudo do plantio das uvas até a fabricação do vinho.Os rótulos são reconhecidos e buscam identificação com a cultura gaúcha local.

Don Guerino

Vinícola familiar que nasceu da paixão por vinho de imigrantes italianos que chegaram no Brasil nos anos de 1880. A estrutura localizada em Alto Feliz, na Serra Gaúcha, foi pensada para garantir o estilo característico e a qualidade dos vinhos na elaboração de rótulos finos com terroir caracterizado pela boa condição varietal das uvas, valorizando a expressão de apenas uma única uva ou várias castas dentro de uma garrafa.

Fazenda Soledade

A Fazenda Soledade produz cachaças artesanais respeitando práticas ambientais em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. O bioma da Mata Atlântica, onde a fazenda está localizada, favorece o envelhecimento da cachaça nos barris de diferentes madeiras brasileiras, o que possibilita a distinção de aromas e sabores.

3 Monkeys

Produção carioca de cervejas artesanais criada por três amigos que têm como orientação oferecer mais do que boas cervejas, mas proporcionar bons momentos para quem gosta de degustar rótulos diferentes e criativos com combinações inusitadas, permitindo um olhar diferente para a bebida.

Troço Bom

A Roceria Troço Bom surgiu do sonho de largar a cidade para viver a tranquilidade da roça. Tudo começou de forma despretensiosa na tentativa de levantar uma renda extra, até que o negócio ganhou forma, com o desejo de não deixar para trás a ligação entre quem faz e quem consome, num encontro saboroso da cidade com a roça.

Refazenda

A Refazenda produz queijos com leite cru de vaca nos pés do Parque Estadual da Serra do Papagaio. As receitas levam o sabor da floresta e são representativas das escolhas do casal de produtores que optam sempre por alternativas naturais, com o uso de bioconstrução, parcerias com outros pequenos produtores e, pela vontade de que a natureza interfira no resultado de cada peça de queijo.

Araucária

A Araucária é uma pequena fabricação coletiva de pães artesanais que começou na garagem de João Pessanha, depois que descobriu a diferença de um pão de fermentação natural, com apenas água, sal e farinha, em relação ao pães feitos com fermento biológico. Parceiros do Marché desde sempre, são esses os pães que usamos em alguns sanduíches do cardápio e que também podem ser levados pra casa.

Mawi Brotos

Cultivo orgânico de brotos, flores e folhas, que começou na Califórnia e depois veio florescer em terras brasileiras com recursos inteiramente locais, da estufa de bambu ao solo fertilizado com compostagem e esterco. A Mawi Brotos é o projeto de uma família que mistura o trabalho com um estilo de vida próximo da natureza.

Casa do Sardo

A Casa do Sardo é um restaurante de família com o sabor da culinária italiana e da memória da terra natal do chef Silvio Podda, localizado no bairro de São Cristóvão, no Rio. A proposta é de uma comida que traga conforto através do preparo artesanal, feita junto com uma busca por ingredientes de qualidade e que fazem toda a diferença no sabor.

Aceitamos:

  • Cartões de crédito: 

  • Pagamento na entrega ou na retirada, aceitamos cartões Vale Refeição:

Marchezinho Alimentos e Bebidas Ltda, R. Voluntários da Pátria, 46, Botafogo, Rio de Janeiro - RJ. CPF/CNPJ: 27.424.273/0001-10

Entrega: todas as quartas e sábados.

contato@marchezinho.com / +55 21 96612-0561

  • Instagram
  • Facebook
  • TripAdvisor - Black Circle

© 2020 Marchezinho